Abílio avalia recuar de candidatura e apoiar colega de oposição

0 124

Apontado como um dos principais nomes de oposição ao prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), o vereador Abílio Júnior (Podemos) avalia recuar da disputa à Prefeitura de Cuiabá, na eleição de novembro deste ano.

A decisão estaria sendo considerada porque Abílio sofreu três perdas na sua família recentemente.

Victor Ostetti/MidiaNews

Seu avô e seu tio, os pastores Sebastião Siro de Souza e Rubens Siro de Souza, respectivamente, morreram vítimas da Covid-19. Ambos eram líderes da Igreja Assembleia de Deus em Mato Grosso.

Na última segunda (17), Abílio perdeu sua sogra, Maria Regina Avanzo.

Conforme fontes ouvidas pela reportagem, um outro agravante seria o fato de a esposa do vereador, Samantha Iris, estar enfrentando uma gravidez de risco.

A campanha eleitoral coincidirá com a reta final da gestação e deixaria o opositor em uma situação bastante delicada, exposto a críticas e ataques.

Fato novo

Neste cenário, conforme apurou o MidiaNews, Abílio admitira apoiar seu colega na Câmara, Marcelo Bussiki (DEM), cujo nome vem sendo ventilado para concorrer ao Alencastro.
A reportagem tentou contato com Abílio, mas as ligações para seu telefone celular não foram atendidas.

Uma reunião realizada no início desta semana pelo DEM ainda não teve um desfecho em torno da sucessão na Capital.

O presidente da sigla – e um dos que podem concorrer – Fabio Garcia, disse que o partido fará pesquisas e análises internas nos próximos dias, de modo a definir o nome do grupo.

Além dele e de Marcelo, também é analisado o nome do presidente da Assembleia Legislativa Eduardo Botelho.

CAMILA RIBEIRO
DA REDAÇÃO/MidiaNews

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.