Cuiabá já têm cinco pré-candidatos declarados para pleitear a cadeira de prefeito

Eleição 2020

0 112

As articulações políticas já começaram e Cuiabá, já têm, cinco pré-candidatos declarados para pleitear a cadeira de prefeito no Palácio Alencastro. O presidente da Assembleia Legislativa Eduardo Botelho (DEM), o ex-secretário de Serviços Urbanos da Capital, José Roberto Stopa (PV), o presidente da Câmara dos Vereadores Misael Galvão (PTB), o ex-prefeito e apresentador Roberto França (Patriotas) e uma surpresa, o deputado estadual Ulysses Moraes (PSL).

Três destes candidatos já deixaram claro o seu ‘medo’ ou apoio ao prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), Botelho, Stopa e Misael disseram que só concorreram na eleição municipal deste ano se o atual chefe do Executivo Municipal não sair para reeleição.

Foto:MT+

Durante entrevista na quinta-feira (2), Eduardo Botelho confirmou que foi procurado pelo governador Mauro Mendes (DEM) e questionado sobre seu interesse em concorrer ao Palácio Alencastro.

“Eu disse que poderia ser candidato se vários fatores acontecessem. [Recuo de Emanuel à reeleição] foi uma das condições que coloquei para o governador e para mim também por conta da relação de amizade que tenho com o prefeito”, disse o presidente.

Stopa é o nome do Partido Verde para a eleição municipal. Com a conjuntura em que Pinheiro não dispute para reeleição, e apoie Botelho. O partido vai continuar com o prefeito Emanuel, apostando no projeto de reeleição do emedebista.

“Caso o chefe do Executivo recue e venha apoiar outra possível candidatura, como a do deputado Botelho, o PV, por sua vez, lançará projeto próprio, com o ex-secretário de Serviços Urbanos, José Roberto Stopa”, diz trecho da nota encaminhada pelo PV.

O Vereadores Misael está disposto a disputar as eleições deste ano pelo comando da Prefeitura de Cuiabá caso o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) descarte reeleição. A princípio o seu partido tem compromisso com Pinheiro, no entanto, diante da indefinição do chefe do Executivo, a sigla vem se articulando e poderá ter candidatura própria.

“O PTB tem compromisso com Emanuel Pinheiro, mas se ele não for candidato, nós vamos lançar candidatura própria, sendo o nosso candidato o Misael Galvão, pois, aí já não teríamos mais compromisso com ninguém, e o presidente da Câmara já ‘topou’ (sic) e se colocou à disposição como nosso pré-candidato”, disse Adevair Cabral ao HNT/Hipernotícias.

O ex-prefeito de Cuiabá e apresentador Roberto França (Patriotas) mostrou que realmente está pronto para ‘brigar’ pelo Alencastro. França se afastou do programa Resumo do Dia nesta terça-feira (30), para viabilizar sua possível candidatura a prefeito nas eleições municipais de 2020.

“Estou saindo hoje – dia 29 de junho – para me habilitar, legalmente, dentro do prazo eleitoral e estar disponível ao partido. Vou ficar ausente, mas tem muitas novidades vindo aí. Emanuel terá um grande adversário nas eleições e não é um igual ao paletó”, comentou França.

A surpresa 

O nome do Partido Social Liberal (PSL) para eleição municipal deste ano, é o deputado estadual Ulysses Moraes, que se filiou há sigla em fevereiro deste ano e assumiu a presidência do partido no Estado.

“Hoje Cuiabá não está numa boa administração. A população não está satisfeita com o atual gestor e acho que nomes bons devem surgir nesse período agora. Eu não descarto o meu nome, acredito que nosso partido tem condições sim de estar lançando uma candidatura independente e o povo cuiabano anseia por mudança”, disse o parlamentar de primeiro mandato, eleito em 2018 pelo Democracia Cristã (DC).

Fonte:MT+

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.